1 de dez de 2010

Classe Social X Relacionamento Amoroso


Diferença em Classe Social implica em um relacionamento?


Para começo de conversa:

Há alguns dias atráz, estava conversando com uma professora sobre este assunto. E começamos à discutí-lo mais a fundo. Ela então afirmou que jamais pode haver um relacionamento entre um pobre e um rico, e que as chances disso acontecer são muito pequenas, quase impossíveis.

Olha, eu particularmente, discordo. Como impossível?

Acredito que o amor não está em dinheiro, classes sociais e blá blá blá, afinal, todos somos iguais e ele esta dentro de nós.
Mas é aquela coisa, o amor não tem hora nem lugar para acontecer, e acredito muito em destino, então por exemplo, você pode estar em um certo lugar em tal hora e simplesmente esbarra com a pessoa da sua vida (ta, vemos mais em filmes; mas não quer dizer que seja impossível na vida real). Agora, só porque um dos indivíduos está a nível elevado de C. Social, o outro tem que esquecê-lo e procurar por alguém mais pobre? Como é que eles sustentarão a família? (haha, só pra descontrair ;x)

Não por questão de dinheiro, mas o amor tem que prevalecer, e isso é fato; E se por ventura um for mais rico, não tem problema começarem uma vida juntos. E nem devem se importar com o que dizem.

Ressaltando: " E nem devem se importar com o que dizem" . Quando o sentimento é verdadeiro, não tem porque um desistir do outro por intervenções de terceiros. Vejo que alguém que é capaz de jogar tudo fora por opiniões alheias não tem capacidade nenhuma de ser independente, e principalmente não tem condições de levar uma vida à dois, porque amar é exatamente isso, aceitar como é, respeitar e, acima de tudo, querer bem. A não ser que o sujeito queira viver da opnião dos outros, isto é, se conseguir, porque crítitcas e opiniões são tantas que se o mesmo não ficar doido, ele é muito bom ;D

Então amigos, diante dos fatos, o que vocês pensam sobre o assunto? Concordam comigo ou pensam como minha professora? :)

14 comentários:

MikaelMoraes disse...

primeiramente: o seu nome é lindo... nome da minha avô... tipicamente italiano.

segundo: seu blog é show

terceiro: siga o nosso blog e avise no comentário deixando o link, retribuiremos logo em seguida

será um prazer frequentar esse espaço, coisa q sempre fazemos com aqueles q nos seguem

http://mikaelmoraes.blogspot.com

Diário Viajante disse...

Gostei muito do seu blog
estou te seguindo!
vamos manter contato

*-* MILAM *-* disse...

Oi, sou professora e do fundo do meu coração acredito no amor sim e não nas barreiras que o atrapalham. Mas a vida é cruel, e as pessoas observam muito a questão social. Eu nunca tive problema com isso, meu ex namorado tinha só uma bicicleta e era faxineiro quando conheci ele, mas se formos falar da sociedade, aí fica mais complicado. Acho que eles acreditam muito mais no dinheiro do que no amor, assim como tudo comprovado pela ciência é fato e tudo comprovado pela fé é delírio. Algumas pessoas, que deve ser o caso da sua professora, estão muito ligada a Status e acabam escolhendo alguém não que ela ama, mas que a sociedade aprova.

Beijão e fica com Deus!

Thay Tonon e Bru Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thay Tonon e Bru Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Thay Tonon e Bru Souza disse...

Laaura é td mt lindo akii :)
parabéns

@vinicius_aquino disse...

depende muito de cada pessoa. muita pessoa rica, nao olha pra um pobre e muitas pessoas pobres não gostam de pessoas ricas, mas não é impossivel isso acontecer. agora acontece que o rico sempre qr ter sua riquesa, mas se o pobre nao se esforça pra acompanhar, provavelmente o rico se desanima e larga, pq niguem qr sustentar alguem pro resto da vida.

Karol Carvalho disse...

Isso não tem o menor cabimento!
Chega até ser um tanto ridículo achar que dinheiro interfere em sentimentos,o amor é o amor,o resto é só o resto!
Se tem uma coisa que tenho certeza,é que o amor é maior que qualquer outro bem.Claro que há pessoas ambiciosas,como aquelas mulheres que ficam com caras apenas por dinheiro,mas quando se há amor verdadeiro nenhum bem material interfere,pelo menos pra mim não.Nunca fiz questão de nada disso,dinheiro não é sagrado,ninguém leva isso após a morte.Mas o amor sim!
Pra mim,ter amor é ser puro,então o quer que a outra pessoa tenha,não mudará o relacionamento.

Texto muito interessante :D
beijos :*

Laura B. disse...

Pois é Ka, tbm acho um absurdo. Não vejo diferença entre pessoas por suas classes sociais. Vejo diferença sim, em pessoas que por motivo de dinheiro são arrogantes e só pensam em si mesmas. Porque como vc mesma disse, ninguém leva o dinheiro pra baixo da terra, todos vamos pro mesmo lugar, não tem porque querer ser melhor em vida, se o que conta realmente é a personalidade :)

nandynha disse...

eu estou vivendo bem isso.. estou super apaixonada por um cara que na sociedade é muito conhecido muito bem de vida.. e a unica barreira que existe ou pode existir e vc mesmo coloca-la.. não existe pra nós..eu sou uma secretaria ... e ele um grande empresario conceituado em todo país, e mesmo assim nos amamos.. não ligamos para oq a sociedade acha,mas sim a oq o nosso coração fala.. vamos nos casar no dia 16 de janeiro, contra amigos e familiares dele mas não ligamos pra isso

Heliany disse...

Conheci uma pessoa num desses site de relacionamento. Muito legal....nos falávamos todos os dias... até que enfim nos conhecemos pessoalmente. Sou uma mulher batalhadora... Inteligente, bonita, interessante dentro dos padrões normais. ELE muito bem sucedido,
Vice presidente de uma grande empresa estrangeira (RICO). Existe sim dificuldade em dar certo uma relação dessa, Nem roupa adequada se tem para acompanha-lo, os lugares não são os mesmos. Não se tem tempo para uma produção impecável... São mundos diferentes...
a minha realidade e outra. Não o culpo pelo desinteresse... é aceitavel. Cada um no seu quadrado.

nauak Seconelli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simone Brandao disse...

Ola, adorei a abordagem
Mas olha não é tão simples assim, tive e tenho uma vida bem dificil e tal, mas me formei e luto p melhorar, meu namorado não é rico,mas tem um nivel melhor, e é complicado as vezes, ele qr vijar,sair e eu não consigo acompanhar, fora q as festas dos amigos dele são todas requintadas, e dos meus é bem simples. Bom vamos ver se conseguimos né! Bjus

Luiza Mamede disse...

Eu sei o que é isso. Eu vejo que o maior problema não é o casal apaixonado de classes diferentes, mas sim a sociedade que impõem que rico tem que ficar com rico e pobre tem que ficar com pobre. Se os dois estão mesmo dispostos a mudar, não tem problema. Mas o que dói mais são as pessoas que vc ama não serem há favor de quem vc ama tbm. Aí, vêm as brigas e inseguranças que acabam desgastando a relação. A forma como foram criados e a diferença de cultura interfere tbm, por isso, é mt difícil um amor desse tipo durar.