19 de jun de 2011

E enquanto não te tenho...

"O Coração tem razões que a própria razão desconhece" seria a frase perfeita pra mim.



 
Eu não consigo achar lógica em como um dia eu pude me apaixonar por alguém que nunca vi. Simplesmente é impossível entender e sei que muitos tentam.

Você nunca sentiu o calor do toque, como pode afirmar que vai ser bom? Nunca sentiu o gosto do neijo, como pode saber que terá química? Nunca olhou dentro dos olhos, como pode dizer que passam verdade? Nunca ouviu um "Te amo" ao pé do ouvido, como pode pensar que é real?

Aí que tá...Eu não posso! A única coisa que posso dizer com certeza é que eu AMO e não é pouco; e talvez seja de um jeito que nunca amei ninguém.

As pessoas acham isso burrice, estupidez, tudo bem, eu também acho, definitivamente de todas as almas vivas deste mundo...

Você se apaixonar por alguém que não pode ter é um nível elevado de burrice, mas é algo que só quem passa entende. As vezes olhamos em volta, por mais que nos esforçamos à procura de alguém que nos complete de verdade, parece que ninguém chama atenção o suficiente e, mesmo que chame, que mecha com você, depois de um certo tempo, acaba.

E aí você entra no computador e encontra o cara diferente de todos os outros. Aquele que diz as coisas mais perfeitas, que te faz sonhar de novo, que te oferece o amor que você queria. Tá, eu sei o que você está pensando: "Ele pode estar mentindo! Pode estar inventando tudo! Pode ser menina!" E você fica louca atrás de provas que comprovem quem ele jura ser. Mas mesmo que você saiba que ele é ele, como sabe se ele te ama? Como sabe se um dia vai ser seu? NÃO SABE!

Amar a distância é não saber, é acreditar pelo simples fato de amar, não se concretiza, não tem quotidiano, nem mesmo se tem vida a dois. Mas te faz bem saber que em algum lugar, alguém te ama e te quer o mesmo tanto que você.

E por mais que você saiba que não terá a pessoa, que talvez nunca irá sentí-la, você não quer deixá-la ir porque, de um jeito inexplicável, você se apaixonou por esse alguém, se entregou a esse alguém e ele fez uma marca dentro de você que ninguém sente, ninguém vê, só você mesma. Só você entende porque tantas vezes chorou, porque tantas vezes se decepcionou, mas continuou lutando. Só você entende porque ninguém parece o certo, porque ninguém substituiu aquele amor. Só você entende o que é ter uma carência que nunca passa, o que é ter saudade de algo irreal. E só nós sabemos o que fazer sem o amor de nossas vidas:

Esperar que isso passe, que se torne insignificante ou esperar que Destino esteja do nosso lado.
 
________________________________________
Créditos à minha amiga, Viviane C. Espero que tenham gostado!

3 comentários:

The Pipinisher's disse...

Muito bom!

Laura B. disse...

Obrigada :D

Hαηηα●•∙ ♥ disse...

Nossa, muito legal....
É como c vc descrevesse as emoçoes que EU busco ocultar....
Legal msm, Parabéns....