21 de jun de 2012

#Refletir



Enfrentando grandes tempestades e fortes vendavais em alto mar
nem sempre haverá um naufrágio mas, se persistir em remar contra a maré agitada, 
pode-se morrer na praia; sobretudo é quase certo fazer mal a gente cedo ou tarde.
Sendo assim, o melhor a fazer é içar a vela para outra direção e permitir que o vento
que sopra os caminhos do destino e o tempo com seu poder curativo sejam
a bússola que nos guie ao caminho mais certo e seguro.


                                                                                    Laura B.

Nenhum comentário: