14 de abr de 2016

O Tempo.



Você poderia ser único? Sim, você poderia ter sido o único. Mas preferiu ser somente breve passagem num dos capítulos da minha história. Ficou para lembrança, virar passado (um passado mais triste do que bem resolvido), uma página virada. Mas é, contudo, uma daquelas lembranças que a gente cura com o tempoSim, com o tempo, pensar em você será apenas como pensar numa pequena viagem à um lugar pouco interessante, mas que tinha lá seus encantos (e que a gente sabe que não vai voltar lá). Com o tempo, falar de você numa roda de amigos vai ser apenas uma breve vontade (pois será interrompido por um assunto completamente interessante e frutífero da minha mente) até que nem vestígios de você sejam de fato lembrados. Sim. Falar ou pensar sobre você será apenas um brevíssimo lampejo de memória, dessas que vêm subitamente, mas que a gente não faz questão de alimentar. Ou talvez você sirva de exemplo para evitar próximos erros na vida das minhas amigas ou mesmo da minha. Você poderia ter sido o único. O início mas nunca um fim. Sim. Eu faria de você meu início e nunca o meu fim. O tempo. Ah, o tempo. Mas a vida tem lá suas maneiras de colocar tudo em seu devido lugar. Você poderia ter sido meu companheiro de guerra nas batalhas do coração. Mas preferiu abandonar o combate aos primeiros 15 minutos do segundo tempo. Com isso, vejo que você poderia ter sido o único sim, somente nas minhas expectativas, mas jamais no que chamo de minha Felicidade. E acredite, o tempo já está acontecendo para mim. 


Abraços. 
________ 



 Estou aqui também: 

Instagram: @laurabsecret
Tumblr: laurabsecret.tumblr.com